Gillette – Tanto investimento para uma comunicação pueril

Vamos lá pessoal, depois de algum tempo no casulo voltei, e voltei para falar de um comercial da Gillette que de tão ruim me fez dar gargalhadas. O problema em especifico é a regionalidade, por que a prepotência dos executivos dessa empresa acredita que a comunicação disparada nos Estados Unidos funciona do Brasil ou em outros países. A campanha é do novo aparelho que eles informam que você terá um barbear mais refrescante, mas o que me divertiu foi a argumentação de venda do produto, tem três garotas lindas conversando e um garoto boa pinta tentando conquistar uma delas, e a voz narrativa diz: Você quer chegar na garota mas não sabe como, seus problemas acabaram, chegou o Gillette bla bla bla que salvará o seu pênis. Nossa pediram para o pessoal do Casseta e Planeta redigir o texto, ou melhor traduzir, no mínimo eles sacanearam.

Criação de Marca (logo)

Todo criativo um dia passou ou passará por essa árdua tarefa, que a principio aparenta ser tão fácil como ligar o micro. Mas quando você mostra as primeiras ideias ao seu cliente, os olhos deles te dará a sensação de frustação e de que você terá que trabalhar no final de semana. Bem, existe alguns caminhos que podem encurtar essas reuniões exaustivas de molde. Tente captar o máximo de informação sobre o mertcado de atuação da empresa, de seus concorrentes, de seu públuico alvo e lógico o principal, a expectativa que o cliente tem com relação a sua marca, esse é o momento de abstração e subjetividade, por exemplo: o que ele quer transmitir em sua representatividade da marca? seridade? trasnparencia? agilidade? liberdade? segurança? entre milhões de objetivos. Após esta dicecação de pensamentos é a hora de rabiscar, cara sempre rabisque, pois o computador só é uma ferramenta de execução, o illustrator (ou outro tipo de programa gráfico) será a sua materialização, mas a sua mente será sua principal vertente. Então pense em o que representa liberdade, a Honda estilizou uma asa, e você como faria, qual é a sua percepção. Tente, execute, esforce-se, treine e cresça.

Abraços

http://www.lucasreis.com.br/

Urubu na guerra é galinha.

Como seria o mundo perfeito em comunicação? tanto on-line como off-line. Por que a maioria das pessoas que estão no topo da hierarquia são estúpidos, tolos, néscios e ventríloquos. Até parece uma praga de prerrogativas. Porém amigos, não deixe isso contaminar os seus sonhos, sua concepção e tão pouco sua formação de opinião. Nem chegue perto de pensar em ser semelhante a eles, pois eles são inanes, vazios e tristes, é uma pena ter que conviver com pessoas de cera. Mas mantemos a espiritualidade de que um dia estaremos em volto de pessoas grandiosos de mente e espírito.

Esfumaçando a Cuca

Como atingir o equilibrio perfeito entre a redação e a imagem? posso usar somente a imagem, ou somente o texto? Enfim, esses e outro dilemas vividos na criação de peças publicitárias, são imprescindíveis no momento da execução, mesmo com uma iluminação genial, o processo de produção sempre é árdua, porém manter a calma, e acreditar que um anuncio impresso não se passa de apenas uma folha de papel, ajuda a sua mente se desvencilhar da pressão e lhe da maia amplitude em seu horizonte. Pensar, e não se exaurir de pensar, testar, escrever enumeras frases, possibilidades, mergulhar em culturas e etnias, ter ânsia pelo conhecimento, ser inquieto ao desconhecido, viajar em busca do jamais impensado. Tudo isso fará o seu anúncio melhor, e quando ele estiver bom, jogue ele no lixo e faça um excelente.

A publicidade é um cadáver que nos sorri

Hoje vivenciei a expressão “até que enfim”. Persegui por cerca de 3 anos um livro fantástico sobre criação publicitária, e até que enfim hoje o encontrei e levai para casa. Uma inundação no cotidiano publicitário de um ícone da propaganda, Oliviero Toscani.
O seu livro “A publicidade é um cadáver que nos sorri” é muito mais que uma referência, trata-se de como a criação é inveterada e atemporal se você souber fazer-la bem.

Criação e Planejamento

Uma coisa que poucas pessoas sabem, é conciliar projetos criativos com seus respectivos prazos. Tente sempre ser uma pessoa visionária, pois se isso não for uma habilidade sua, o seu processo criativo estará fadado ao desastre, contendo vários tipos de trabalhos medíocres.
Cuidado, mantenha sua personalidade e comprometimento com seus clientes, sem precisar criar no banheiro.