O bloqueio criativo

Até hoje só tive o prazer de fazer coisas que amo e sem nenhuma preocupação, quando estou fazendo trabalhos freelas, não pelo fato do desprendimento de compromisso, muito pelo contrário, levo os meus freelas como o quam da minha vida. Momentos lépidos e de angustia que se torna uma dicotomia de elexir do deleite, coisa que quase nenhum ambiente corporativo consegue ater, sinceramente odeio essas empresas draconianas que acreditam que a interpelação e compelição são ferramentas indispensáveis para o respeito e comprometimento, estão de coorpo e alma enganados, pois tudo isso só cria o bloqueio criativo e a desmotivação em massa que se torna uma endemia na empresa. Porra bloqueam o meu twitter, meu MSN, meu Facebook, enfim bloquearam a minha mente.
Mas existe artifícios que podem te dar desafios e referências que quebram essa capsúla destruidora: você mesmo, trabalhando e se esforçando em seus freelas, e tendo princípios, personalidade e filosofia.
Esse site lhe ajudará: http://adsoftheworld.com/
Abraços